Arquivo da tag: Portugal

Inscrições ao Festival de Curtas de Évora

Call For Entries

O FIKE 2012 – 11º Festival Internacional de Curtas Metragens terá lugar em évora (portugal), entre 17 e 28 de Outubro.

as inscrições Estão abertas para curtas de Ficção, Animação e Documentário, até 40 minutos, e estreados após 1 de Janeiro de 2011.

Prazo de envio de cópias para pré-selecção: 21 de Maio

a participação no Festival é GRATUITA.

Ajude-nos a chegar a mais gente, reencaminhe para os seus contactos:

(1) http://www.fikeonline.net/regulamento/
(2) http://www.fikeonline.net/inscricao/

Filme sobre Saramago Terá Estréia no DocLisboa

O documentário Jose e Pilar – sobre a união do escritor José Saramago e a jornalista Pilar Del Rio, sua esposa -, do cineasta português Miguel Gonçalves Mendes, terá sua primeira exibição pública na abertura do Festival DocLisboa, dia 14 de outubro.

O filme, de duas horas, mostra momentos do cotidiano do escritor José Saramago captados por Miguel Gonçalves Mendes, que iniciou em 2006 a captação de imagens de Saramago e sua mulher, Pilar del Rio, tendo recolhido um total de 240 horas de filmagens da vida do escritor em vários pontos do mundo, desde Lisboa a Lanzarote, passando por Madrid, Finlândia, México e Brasil.

Um detalhe interessante: o grupo musical brasileiro Berlam e Banda Larga, que vem arrebentando em shows nas noites paulistas, tem sua composição Carnaval Baixo Astral incluída na trilha sonora do documentário Jose e Pilar.

 O documentário é um retrato intimista do escritor e pretende mostrar facetas menos conhecidas de Saramago, da sua relação com Pilar e da visão que tinha do mundo. A obra segue a mesma linha do documentário Autografia (2004), sobre o poeta e pintor Mário Cesariny, no qual traça um perfil íntimo do artista, grande figura do surrealismo português.

SARAMAGO, escritor, e PILAR, jornalista: união feliz que durou até a morte do escritor, mês passado

Em 2007, numa entrevista à agência Lusa, Miguel Gonçalves Mendes, natural da Covilhã, mostrou também algumas imagens do filme inacabado, quando ainda se chamava União Ibérica: “Saramago é um poço de otimismo e de energia. As pessoas acham-no cinzento, mas ele é muito doce e tem um sentido de humor brilhante”, assinalou. O realizador lamentou, na altura, o preconceito que muitos portugueses continuavam a ter em relação a Saramago, “por defender uma união da Ibéria, por ser comunista, por ter deixado o país para viver na Espanha, por ter casado com uma espanhola, e ainda por cima 20 anos mais nova”.

FERREIRA GULLAR Vence Prêmio CAMÕES

O poeta maranhense Ferreira Gullar foi o vencedor da edição de 2010 do prêmio Camões, segundo anunciou nesta segunda-feira (31) a ministra da Cultura de Portugal, Gabriela Canavilhas.

O brasileiro sucede, assim, ao cabo-verdiano Arménio Vieira, que venceu o prêmio Camões em 2009.

Gullar tem uma obra extensa e já escreveu poesias, crônicas, ficção, memórias, biografias, ensaios e teatro, além de ter se dedicado também às traduções. Ele também é colunista do caderno Ilustrada, da Folha.

Na cerimônia de anúncio do vencedor do prêmio, a ministra portuguesa destacou a “atividade cívica e política” desenvolvida por Gullar contra a ditadura militar.

  Tuca Vieira/Folhapress  
O poeta Ferreira Gullar
Ferreira Gullar: POETA VENCE edição 2010 do prêmio Camões

O Prêmio Camões, instituído em 1989 pelos governos de Portugal e do Brasil, tem como objetivo principal destacar anualmente um escritor de língua portuguesa que tenha contribuído para o enriquecimento do patrimônio literário e cultural em português.

A premiação tem ainda como finalidade estreitar e desenvolver os laços culturais entre toda a comunidade lusófona.

O valor do prêmio é de 100 mil euros (cerca de R$ 222 mil). Ainda não foi marcada data para a entrega.

Brasil e Portugal Lá & Cá

Com apresentação de Paulo Markun e participação especial do português Carlos Fino, Brasil, Portugal – Lá e Cá compartilha visões que um país tem do outro, suas influências, semelhanças e diferenças

 

Dois países irmãos, duas emissoras públicas e dois reconhecidos profissionais do jornalismo dão as mãos para uma viagem inédita. O destino desse intercâmbio é Brasil, Portugal – Lá e Cá, nova série da TV Cultura, a estrear no próximo domingo, às 21h.

A Rádio e Televisão de Portugal (RTP) é a parceira dessa empreitada, que foi idealizada pelo jornalista Paulo Markun, presidente da Fundação Padre Anchieta (FPA), e pelo convidado especial do programa, Carlos Fino, conselheiro de imprensa da Embaixada de Portugal no Brasil.  

Em 13 episódios de 30 minutos, a atração semanal revela o Brasil para os portugueses e Portugal para os brasileiros. Suas semelhanças e diferenças – curiosidades, sutilezas, resgate histórico e cultural – serão abordadas em reportagens especiais, conversas descontraídas, reflexões, entrevistas exclusivas e muitas imagens dos arquivos dos dois canais.

 Tudo em casa

Lá e Cá tem como cenário fixo a casa de Markun, em Santo Antônio de Lisboa – comunidade fundada por açorianos em Florianópolis (SC) –, e a de Fino, em Fronteira, na região do Alentejo, em Portugal. No bate-papo, que se estende por alguns pontos turísticos e idílicos, os temas passeiam entre o pop e a História, passando por economia, cultura, culinária, arquitetura, meio ambiente, comportamento e outros assuntos que interessam a portugueses que vivem cá e a brasileiros que vivem lá, e vice-versa. Todo esse emaranhado de debates é conduzido com saudáveis pitadas de bom humor.

 

No primeiro episódio, depoimentos como o da cantora Fafá de Belém, do jornalista português do jornal O Expresso, Nicolau Santos, e da artista plástica residente em Portugal, Letícia Barreto, trazem pontos de vista individuais que contextualizam o amplo cenário sócio-cultural luso-brasileiro. As falas, além disso, dão fôlego ao já dinâmico roteiro.

 

A série será exibida no Brasil pela TV Cultura e em Portugal pela RTP 2 e RTP Internacional, que transmite também para vários países do mundo. No novo site da atração – www.tvcultura.com.br/laeca – ficarão disponíveis os episódios do Lá e Cá logo após o seu lançamento na grade. Ainda terá a opção para que o público envie seus vídeos. Os mais criativos ficarão em destaque.