Arquivo da tag: Rio de Janeiro no cinema

O Rio e o Amor, temas de Cinema

Diretores e produtores cinematográficos nacionais e estrangeiros podem se inscrever até março de 2013 no concurso que vai escolher um curta-metragem com o tema O Rio e o Amor para o projeto Rio, Eu te Amo, da franquia internacional Cities of Love.

O curta selecionado será incluído como extra no  DVD oficial do filme, que vai reunir grandes diretores nacionais e internacionais, cada um contando uma história de amor numa locação da cidade.

O projeto é um movimento de amor à capital, que já conta com mais de 40 mil seguidores no Facebook e promove ações nas redes sociais e nas ruas do Rio.  Numa dessas ações, foram espalhados balões de gás em 30 pontos turísticos da cidade, com mensagens incentivando as pessoas a fazer o bem ao próximo.

O filme, cujo lançamento está previsto para 2014, será a versão brasileira da Cities of Love, uma franquia internacional que já teve como cidades homenageadas Paris, com o filmeParis Je T’Aime (2006) e Nova York, com  New York, I Love You, em 2009. Além do Rio, estão em fase de produção filmes que homenageiam Xangai, na China, e Jerusalém, em Israel.

“Achamos importante fazer o concurso como oportunidade de também revelar um novo talento cinematográfico, aproveitando um projeto dessa visibilidade”, afirma Pedro Buarque, presidente da Conspiração Filmes, produtora de “Rio, Eu te Amo”. Segundo ele, a produção é 100% nacional, com recursos levantados no país, e os diretores, sejam brasileiros ou estrangeiros, trabalharão ao lado das equipes brasileiras. “É uma grande produção que terá repercussão internacional, projetando o nome da cidade e do país”, destaca.

Já estão confirmados para dirigir episódios, os cineastas Fernando MeirellesJosé Padilha, Andrucha WaddingtonCarlos Saldanha. Ao todo, serão dez diretores, entre nacionais e estrangeiros, e as filmagens começarão em julho de 2013.

A escolha do curta a ser incluído no DVD será feita em duas etapas. Na primeira, três filmes serão selecionados por um júri formado por Ilda Santiago, do               Festival do Rio, Julio Worcman, do portal Porta-Curtas, Ailton Franco, da Mostra de Curtas, e Leonardo Monteiro de Barros, da Conspiração. Na segunda fase, os três filmes serão postados na página do movimento no Facebook, para a escolha final pelos seguidores. As inscrições podem ser feitas no site               www.rioeuteamo.net/concursos/curta.

RIO de JANEIRO: História de Amor com a cidade para ganhar as telas do mundo…

RIO, de Janeiro e de Cinema, agora tem cartão para atrair produções

Praias, montanhas, uma floresta tropical no meio da cidade, praças e monumentos inspirados na Belle Époque francesa, além de um vasto e razoavelmente preservado conjunto de construções coloniais portuguesas.

Esses atributos conferem ao Rio de Janeiro uma vocação natural de cenário de filmes e comerciais. Mas, para atrair mais produções do exterior e de outras cidades brasileiras, a estatal Rio Film Commission criou um cartão de descontos para uso das equipes que filmarem no Estado.

O cartão proporcionará preços menores em bares, restaurantes, hotéis e outros estabelecimentos, além de descontos no aluguel de equipamentos de filmagem e serviços ligados à produção.

Segundo o órgão, a iniciativa foi inspirada no modelo de Nova York e começará a valer em janeiro.

“Vamos incentivar a vinda de mais produções, num momento em que a cidade já atrai atenção pela Copa e pela Olimpíada”, diz Steve Solot, presidente da comissão.

Para obter o benefício, os produtores têm de se cadastrar no site do órgão (www.riofilmcommission.rj.gov.br ). Empresas que quiserem dar descontos terão de fazer o mesmo.

Para Silvia Rabello, vice-presidente do Sindicato Interestadual da Indústria Audiovisual, a ideia atrairá mais produções ao reduzir custos.

Solot diz que já está em contato com empresas integrantes do cadastro de fornecedores da comissão para estimulá-las a conceder benefícios. “Mas cada uma define seu percentual de desconto.”

A comissão ajuda ainda na escolha das locações e na negociação para liberação de filmagens em áreas públicas.

O órgão mantém edital de apoio anual de R$ 1 milhão, dividido em quatro cotas. São sempre selecionadas duas produções estrangeiras e duas de outros Estados.

Em 2010, o longa contemplado foi Uma Noite no Rio, coprodução da EH Filmes (Rio) e Nuts Lloyd (EUA).

Para rodar no país, as estrangeiras têm de estabelecer coproduções locais ou contratar serviços daqui.

Em 2009, foram rodadas 88 produções estrangeiras no Rio. Em 2011, o número subiu para 92.

RIO é Sucesso, ao Vivo e nas Telas

 Pelo terceiro final de semana consecutivo, o longa de animação Rio fica no topo do ranking dos filmes mais vistos no país, com público de 832 mil espectadores e renda de R$ 10,4 milhões. Este terceiro fim de semana de Rio é a maior da história do cinema no Brasil (anteriormente Tropa de Elite 2 ocupava o posto com R$ 9,1 milhões).

Desde sua estreia em 8 de abril, o filme acumula público total de 4,2 milhões de espectadores e bilheteria de aproximadamente R$ 49 milhões, a maior do ano no País.

Para Carlos Saldanha (da trilogiaA Era do Gelo), diretor do filme, o reconhecimento do público e da crítica mundial tem um sabor especial: “Fico feliz com o reconhecimento do filme pela crítica e principalmente pelo público. Para mim, é um orgulho muito grande poder mostrar um lado divertido e animado do Brasil para o mundo”.

Animação é líder de bilheteria no País

RIO é ambientado na Cidade Maravilhosa. Blu é uma arara azul domesticada, que nunca aprendeu a voar e que vive nos Estados Unidos. Sua dona, Linda, acredita que ele seja o última de sua espécie. Quando descobre a existência de outra arara, que mora no Rio de Janeiro, os dois partem para encontrar Jade, a única fêmea da espécie. Pouco depois de sua chegada, Blu e Jade são sequestrados por um grupo de atrapalhados contrabandistas de aves. Com ajuda da astuta Jade e de um grupo de pássaros, Blu consegue escapar. Agora, com novos amigos ao seu lado, Blu terá de buscar coragem para aprender a voar e estragar os planos dos sequestradores.