Arquivo da tag: UFC

Bárbara Cariry promove Outros Cinemas em Fortaleza

Abertas até dia 17 as inscrições à quinta edição da Mostra Outros Cinemas, que vai acontecer de 16 a 19 de outubro na Casa Amarela da UFC, em Fortaleza.

Os interessados devem enviar as produções acompanhadas de ficha de inscrição, devidamente preenchida e assinada, além de fotos, release e autorização de exibição, disponíveis em: www.mostraoutroscinemas.blogspot.com  

Podem ser inscritas produções de todo o país. Os filmes selecionados pela curadoria da Mostra não são exibidos em nível competitivo.

Cada participante poderá inscrever até 2 filmes e/ou vídeos, de acordo com sua duração (curta metragem – até 23 minutos), sobre qualquer tema e que não tenha participado de edições anteriores.

Idealizada por Bárbara Cariry, a Mostra Outros Cinemas é uma realização da Sereia Filmes e vai consolidando-se como mais um espaço alternativo para a difusão da produção audiovisual brasileira.

Animação na Abertura do Cine Ceará

No comando, a palavra “ação!”. Tudo pronto para a arte e a emoção invadirem o 21º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, que começa amanhãe vai até dia 15 no Theatro José de Alencar. O curta de animação Caminhando para o Iguaçu, produzido pelas crianças do projeto Cine Coelce, abrirá o festival nesta data em que chega à ‘idade adulta’. 

Depois da exibição, as crianças serão homenageadas e receberão certificados de conclusão do Curso de Extensão de Cinema de Animação, realizado pelo Núcleo de Cinema de Animação do Ceará, da Casa Amarela Eusélio Oliveira (UFC), em parceria com a Coelce. Além de Fortaleza, o filme do Cine Coelce será exibido no Memorial Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, na Região do Cariri, dia 9 de junho, às 19h.  

Reinauguração do NUCA

Amanhã reserva muitas surpresas, pois, às 15h, será inaugurada a nova estrutura do Núcleo de Cinema de Animação (NUCA) da Casa Amarela, ligada à Universidade Federal do Ceará (UFC). O espaço conta com equipamentos de computação gráfica de última geração, os mesmos utilizados por grandes estúdios de animação do Brasil e do mundo. 

Para prestigiar esse momento, estarão presentes Ana Paula Santana, Secretária Nacional do Audiovisual; Manoel Rangel, presidente da Agência Nacional de Cinema do Brasil (Ancine); RenatoPetrus Barreto, advogado especialista em direito cultural; Jesualdo Pereira Farias, reitor da UFC; Abel Rochinha, presidente da Coelce; René Barreira, titular da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Ceará (Secitece); e Francisco Pinheiro, secretário de Cultura do Estado. Os convidados visitarão as novas instalações do NUCA.

Ainda na reinauguração do Núcleo, será exibido o filme O Som da Floresta, primeira produção do projeto Cine Coelce, na Sala Benjamin Abrahão, além do making off da última edição do curso. Também será descerrada a placa de reinauguração.  

O filme 

O que acontece quando não há preocupação com o meio ambiente? O filme “Caminhando para o Iguaçu”, do Cine Coelce, conta a história de três vizinhos bem distintos. Um é um exímio reciclador. O outro separa o lixo de acordo com os dias de coleta, já o terceiro… Não dá a mínima atenção à coleta seletiva e joga lixo nas ruas, sem nenhuma preocupação. Até que uma grande chuva provoca enchentes, gerando sérias conseqüências.

 

O título Caminhando para o Iguaçu faz referência à língua tupi-guarani, em que Iguaçu quer dizer local com grande quantidade de água. Logo, Caminhando para o Iguaçu significa indo em direção à enchente. A oficina de cinema de animação que produziu esse Curta ocorreu entre os dias 24 de janeiro e 24 de fevereiro deste ano e foi realizada na Casa Amarela, por meio do projeto Cine Coelce. 

Seleção das crianças

Em 2010, foram selecionados 200 jovens de 10 bairros de Fortaleza e da Região Metropolitana para participarem da Oficina de Animação com Recorte nos seus próprios bairros. Desses, os 10 que mais se destacaram foram escolhidos para produzirem o Curta na oficina de cinema de animação na Casa Amarela. Durante a oficina, foi apresentada a história do cinema de animação e as diferentes técnicas usadas pelos animadores (desenho animado, recortes, tridimensional, lápis de cor, aquarela). Após a definição do roteiro, os alunos produziram o storyboard, a animação, o traço e a arte final.

 

O Cine Coelce já está na sua quarta edição e faz parte da rede de ações de responsabilidade sociocultural desenvolvidas pela Coelce em parceria com a Casa Amarela. Ao todo, 800 crianças de 40 bairros da periferia e da Região Metropolitana de Fortaleza já foram protagonistas nesse filme de sonhos realizados. Dessa vez, os municípios de Maracanaú, Pacatuba, Caucaia, Aquiraz e Fortaleza foram contemplados pelo projeto.

 

FICHA TÉCNICA DO FILME CAMINHANDO PARA O IGUAÇU

Orientação – Telmo Carvalho e Josimário Façanha

Produção Executiva – Wolney Oliveira

Produção – Patrícia Baía e Andrea Brasil

Edição – Mariana Medina

Trilha Sonora – Daniel Jardim

Mixagem – Alexandre Jardim

Participantes – Andressa Marques; Maria Eduarda; Antônio Gleriston; Francisco Victor; Jhonatan Matias; Catarina Falcão; Luiz Jefferson; Ana Patricia; Adilson Santos; Erick Lima.

Ano – 2011

Duração – 5min e 36seg.

 Reinauguração do NUCA

Data: 8 de Junho, às 15h

Local: Casa Amarela Eusélio Oliveira

Endereço: Av. da Universidade, nº 2591, Benfica. Fortaleza (CE)

 

21º Cine Ceará

Exibição do filme “Caminhando para o Iguaçu”, do projeto Cine Coelce

Data: 8 junho, às 19h30

Local: Theatro José de Alencar

Endereço: Rua Liberato Barroso, nº525, Centro. Fortaleza (CE)

 

21º Cine Ceará – Cariri

Exibição do filme “Caminhando para o Iguaçu”, do projeto Cine Coelce

Data: 9 de junho, às 19h

Local: Memorial Padre Cícero

Endereço: Av. Leandro Bezerra, s/n, Socorro. Juazeiro do Norte (CE)

Cine Ceará Será Lançado Hoje em Juazeiro do Norte

O 21º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema apresenta nesta manhã a programação oficial do evento a ser realizado em Juazeiro do Norte entre 9 e 16 de junho, no Memorial Padre Cícero e no Centro Cultural Banco do Nordeste – Cariri.

A apresentação será feita durante café da manhã no Palácio da Microempresa, sede do Sebrae – Juazeiro do Norte (Rua São Pedro, s/n – Matriz), a partir das 8 horas, com a presença do Reitor da Universidade Federal do Ceará, Prof. Jesualdo Farias, do prefeito de Juazeiro do Norte, Manoel Santana, e do diretor executivo do Cine Ceará, Wolney Oliveira.

Esta é a primeira vez que o Festival sai da capital cearense e realiza atividades no interior do Estado, em paralelo à programação em Fortaleza.

Com o tema Religião e Religiosidade no Cinema, o 21º Cine Ceará presta homenagem aos 100 anos de emancipação política de Juazeiro do Norte, conquistada por meio do trabalho social, religioso e político realizado pelo Padre Cícero na região do Cariri.   

Com entrada franca a todas as exibições, o Cine Ceará em Juazeiro do Norte conta com parte da programação de Fortaleza por meio da Mostra Audiovisual e Educação, composta pela exibição de filmes, e ainda com o Seminário Religião e Religiosidade no Cinema, que ocorrerá apenas no município.  

O Cine Ceará levará ao público mais de 100 produções de cinema e vídeo brasileiras e ibero-americanas, promovendo o intercâmbio entre profissionais de audiovisual e oferecendo espaço aos novos talentos da área. O festival realiza as Mostras Competitivas em longa e curta metragem, homenageia profissionais e personalidades do audiovisual e insere à programação seminários, oficinas e mostras especiais. 

Em Juazeiro do Norte, o seminário terá atividades entre 12 e 14 de junho, no Memorial Padre Cícero. A abertura será feita com aula-espetáculo do escritor, dramaturgo e poeta paraibano Ariano Suassuna. Junto ao filósofo João Vila-Chã, o escritor também irá compor mesa- redonda na qual será debatido o longa O Auto da Compadecida, de Guel Arraes, baseado na obra homônima de Suassuna. O encerramento será marcado pela palestra do jornalista e biógrafo cearense Lira Neto, autor de vários livros-biografias, entre eles Padre Cícero: Poder, fé e guerra no sertão. 

Sobre o Cine Ceará

O 21° Cine Ceará é promovido pela Universidade Federal do Ceará, numa realização da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará por meio da Secretaria da Cultura (Secult) e do Ministério da Cultura, através da Secretaria do Audiovisual. A produção é da Associação Cultural Cine Ceará e tem patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC) e da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), como a Oi, a Petrobras e o BNDES,. Na região do Cariri, o festival conta com apoio da Prefeitura de Juazeiro do Norte, subsede do evento. 

21º Cine Ceará em Juazeiro do Norte

9 a 16 de junho

Local: Memorial Padre Cícero e Centro Cultural Banco do Nordeste – Cariri

Entrada franca todos os dias do Festival

 

21º Cine Ceará em Fortaleza
Data: 8 a 15 de junho

Local: Theatro José de Alencar

Entrada franca de 9 a 14 de junho

Mais informações: www.cineceara2011.com

UFC Convida para Debate sobre Audiovisual

Patrícia Moran no MAUC, quarta-feira, dia 22 de setembro

Nascida e criada em Belo Horizonte, doutora em Comunicação e semiótica pela PUC-SP e professora do departamento de cinema e audiovisual da USP, Patrícia Moran se dedica à pesquisa e invenção de linguagem em diversos meios expressivos audiovisuais, explorando as possibilidades de jogos entre gêneros. Seus trabalhos já foram exibidos em festivais de cinema e arte eletrônica em diversos países, como Hungria, Itália, Cuba, Espanha, França, Alemanha, Estados Unidos, Holanda, Austrália, tendo conquistado mais de vinte prêmios nos últimos anos.

Na próxima quarta, 22 de setembro, o ICA, através do curso de Cinema e Audiovisual, da UFC , tem o prazer de receber a realizadora para exibição e debate de alguns de seus trabalhos no MAUC (Museu de Arte da UFC), às 9h. Serão exibidos os premiados:
 
Clandestinos (2001, 12min). Documentário poético sobre os militantes políticos brasileiros que durante a ditadura militar tiveram de viver na clandestinidade.

A Plenos Pulmões (2006, 15min). Documentário que retrata as trajetórias e o dia-a-dia de pessoas que freqüentam ou moram próximo do minhocão, famoso viaduto de São Paulo.
Plano-seqüência (2002, 12min). Trabalho sobre a vida e obra do controverso Rubs, um dos maiores ícones do cinema brasileiro. Na verdade, o alter-ego do próprio ator que o interpreta, Paulo César Pereio
 
MAUC – Av. da Universidade, 2853 – Benfica – Fortaleza – CE

Inscrições ao XX CINE CEARÁ

Até dia 30 inscrições à Mostra Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem e para a Competitiva Brasileira de Curta-Metragem do XX CINE CEARÁ – Festival Ibero-Americano de Cinema, a acontecer de 24 de junho a 1 de julho . 

Regulamento e ficha de inscrição: www.cineceara.com.br. Resultado da seleção será divulgado pela organização do Cine Ceará até 15 de maio. 

Para a Competitiva Ibero-Americana de Longa-Metragem, podem concorrer filmes em formatos profissionais (16mm, 35mm, ou vídeo com no mínimo 700 linhas de resolução), com duração mínima de 70 minutos, devem ter sido concluídos a partir de junho 2008 por produtores e/ou diretores ibero-americanos (países da América Latina e o Caribe, Portugal e Espanha). O vencedor na categoria de melhor longa-metragem receberá o troféu Mucuripe e prêmio de US$ 10 mil (dez mil dólares). Também receberão troféu os vencedores de longa-metragem nas categorias: direção, fotografia, edição, roteiro, som, trilha sonora original, direção de arte, ator e atriz e prêmio da critica ao melhor filme. 

Para a Competitiva Brasileira de Curta-Metragem podem concorrer trabalhos de produtores e/ou diretores brasileiros ou radicados no Brasil há mais de três anos. Os filmes devem ter duração máxima de 20 minutos e em qualquer formato (16 mm, 35mm ou vídeo com no mínimo 700 linhas de resolução), nos gêneros animação, ficção, documentário ou experimental.

Os trabalhos enviados devem ter sido concluídos a partir de junho de 2008 e não terem participado de processos seletivos nas edições anteriores deste Festival. Serão premiados com o troféu Mucuripe os melhores nas categorias: melhor curta, direção, fotografia, edição, roteiro, som, direção de arte, ator e atriz.

O XX Cine Ceará é uma promoção da Universidade Federal do Ceará, através da Casa Amarela Eusélio Oliveira com apoio do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura e Desporto, e do Ministério da Cultura, através da Secretaria do Audiovisual. A Realização é da Associação Cultural Cine Ceará e conta com patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC) e da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

Inscrições ao Cine Ceará

As inscrições para as mostras competitivas “Ibero-Americana de Longa-Metragem” e “Brasileira de Curta-Metragem” do XX Cine Ceará podem ser feitas através do site oficial até o dia 30 de abril. O resultado da seleção será divulgado em 15 de maio.

O festival Ibero-americano de cinema é uma iniciativa da Universidade Federal do Ceará que acontece anualmente  em Fortaleza e este ano será realizado de 24 de junho e 1º de julho.

A categoria destinada aos longas acolhe trabalhos em 16mm, 35mm ou vídeo com no mínimo 700 linhas de resolução com duração mínima de 70 minutos, concluídos a partir de junho 2008 por produtores e/ou nativos de países da América Latina, Caribe, Portugal e Espanha.
O melhor filme vai receber prêmio de R$10 mil. Também serão avaliadas as seguintes categorias: direção, fotografia, edição, roteiro, som, trilha sonora original, direção de arte, ator e atriz e prêmio da critica ao melhor filme.

A competição de curtas é aberta a produtores e/ou diretores brasileiros ou radicados no Brasil há mais de três anos. Os filmes devem ter duração máxima de 20 minutos e respeitar os formatos exigidos na categoria de longa. Os trabalhos devem ter sido concluídos a partir de junho de 2008 e não terem participado de processos seletivos nas edições anteriores do Festival.

Para mais informações: site oficial.