Arquivo da tag: ver filmes brasileiros

Curta Amazônia recebe inscrições

Abertas até 20 de abril as inscrições de filmes para a quarta edição do Festival de Cinema Curta Amazônia.

Realizadores podem enviar seus filmes em mídia digital, sendo que o festival vai acontecer de 3 a 8 de junho em Porto Velho, Rondônia. As produções podem ser brasileiras e estrangeiras, incluindo-se este ano a categoria de média-metragem, atendendo a inúmeras solicitações de realizadores.

O festival, coordenado por Carlos Levy, avança na busca incessante de sua consolidação, criando janelas alternativas de exibição de filmes independentes, fortalecendo a cadeia produtiva do Cinema Brasileiro. Os filmes a serem selecionados deverão ter sido produzidos a partir de 1º de janeiro de 2008, nos gêneros de animação, experimental, documentário e ficção, além da categoria vídeoclipe de até 5 minutos.

Os filmes de curta-metragem devem ter duração de até 15 minutos; média-metragem até 69 minutos; e longa-metragem acima de 70 m e até 90 minutos, conforme padrão adotado pela Agência Nacional de Cinema. O nome do troféu aos vencedores da Mostra Competitiva será Troféu Arara Azul.

Saiba mais: www.curtamazonia.com

Wagner Moura de volta em novo filme

A Busca estreia em março e já tem site oficial

 A Busca 1

O filme A Busca, protagonizado por Wagner Moura, ganhou um site oficial incomum. Utilizando uma nova forma de navegação (chamada de parallax), o site apresenta os elementos da identidade visual do cartaz se desconstruindo na navegação de múltiplos backgrounds que parecem se mover, em velocidades diferentes ao conteúdo, numa linguagem não linear de ação e movimento que remete ao conceito do filme. Por ser desenvolvida em HTML5, a navegação diferenciada continuará idêntica em tablets e smartphones, e o conteúdo não será prejudicado em nenhuma dessas plataformas. Esse tipo de experimentação digital é inédito entre os sites de filmes nacionais.

A Busca 2

A Busca já marca presença na internet desde o final do ano passado –  quando participou do Festival do Rio (eleito Melhor Filme pelo Júri Popular) e Mostra São Paulo – contando com redes sociais como o Facebook, o Tumblr e o Youtube. Também será disponibilizado um aplicativo social onde, conectado pelo Facebook, o visitante poderá deixar recados para um amigo no site oficial, integrando um grande mural público de recados.

A Busca 3

O filme é uma produção da O2 Filmes, com coprodução da Globo Filmes, dirigido por Luciano Moura e tem distribuição pela parceria Downtown Filmes, Paris Filmes e RioFilme. Além de Wagner Moura, o elenco conta com Mariana Lima, Brás Moreau Antunes e participação especial de Lima Duarte. A estreia está agendada para 15 de março.
Trailer do filme: http://youtu.be/CX-hyid1ENQ
Site oficial: http://abuscaofilme.com.br

Fan page: http://facebook.com/filmeabusca

Youtube: http://youtube.com/filmeabusca

Tumblr do Pedro: http://pedrogadelha.tumblr.com

Filmes brasileiros concorrem ao Troféu Golden Maple em Toronto

270 filmes inscritos à mostra competitiva com produções dos últimos dois anos
A mostra competitiva do BRAFFTV – Festival de Cinema Brasileiro em Toronto® chega à sexta edição com 270 filmes inscritos e Curadoria de Hudson Moura – PhD em Cinema pela Universidade de Montreal, pós-doutorado em Cinema Intercultural pela Universidade Simon Fraser – Vancouver, e responsável por ministrar cursos de cinema na Ryerson University e OCAD University em Toronto.
Ao todo, 45 produções serão exibidas. Na competição, 36 filmes produzidos nos últimos dois anos concorrem ao Troféu Golden Maple nas categorias: Melhor Filme, Diretor, Atriz, Ator e Júri Popular para longa, média e curta-metragem de ficção, havendo ainda um troféu para Melhor Documentário.
É este o belo troféu que levam os vencedores do BRAFFTV…
O júri é formado por profissionais do audiovisual canadense, dentre eles, George Ayub, distribuidor de filmes no circuito internacional, e Diana Sanchez, programadora internacional do  TIFF – Toronto International Film Festival para a América Latina, Espanha e Portugal. A disputa é intensa: salas simultâneas exibem os filmes em sessões começando com diferença de uma hora no Carlton Cinema durante os dias 12, 13 e 14 de outubro.
Segundo o Curador, o BRAFFTV apresenta um Brasil que o estrangeiro não conhece e o brasileiro no exterior sente saudade. Desnuda o país com histórias de contrastes entre pobres e ricos, executivos e poetas, movimentos sociais, culturais e artísticos. “Alguns festivais gostam de enfatizar que o Brasil não é só samba, carnaval e futebol. Eu prefiro pensar que o cinema é a melhor forma do estrangeiro conhecer as paixões brasileiras ‘globalizadas’, seja pela força narrativa ou dramática das histórias”, ressalta Hudson Moura.
Para a abertura de gala o filme Xingu, de Cao Hamburger, será exibido dia 11, no Bloor Hot Docs Cinema, e Raul – O Início, o Fim e o Meio, encerra o Festival dia 14, no Carlton Cinema.
O 6ª BRAFFTV apresenta filme para todos os gostos com suas ficções e documentários: de comédia a drama, de biografia a meio ambiente, de rock a samba, de política a futebol. Até crianças, de 4 a 7 anos, terão uma sessão exclusiva.
A 5ª edição do ‘UpTo3’ , dedicada a filmes para novas mídias com até 3 minutos de duração, acontecrá dia 14. Também neste dia, a 2ª edição do Brah-zoo-kah apresenta filmes produzidos por brasileiros que moraram fora do país, e a 1ª  edição do Brasil visto por outros olhos exibe o filme Curitiba é possível, de Jörg Pibal e Paul Romauch.
Já em parceria com a empresa colombiana Ley en Movimiento, as organizadoras realizam em Toronto, a partir do dia 26, a mostra Pink Latino Diversity, cuja filmografia é  voltada à temática da diversidade urbana, sexual e de gênero.
Na área de conhecimento, o BRAFFTV oferece gratuitamente uma Oficina de Documentários para o público leigo, com o objetivo de mostrar a evolução do gênero no Brasil e produzir um filme.
Filme de SELTON MELLO, candidato brasileiro ao Oscar, é um dos concorrentes…
Para comemorar os 25 anos da imigração brasileira em Toronto, o cineasta Toni Venturi apresentará seu filme Under the Table, produzido há 25 anos, quando ele ainda era estudante da Ryerson University no Canadá. Após a exibição, haverá debate aberto ao público interessado em multiculturalidade.
Complementam a agenda do Festival, ações voltadas ao mercado. Dentre elas, workshops, visitas técnicas, networking com profissionais da indústria do audiovisual canadense e apresentação de cinco pilotos de documentários  para Agentes de Mercado (distribuidores, exibidores, compradores).
As organizadoras do festival, Cecília Queiroz – Puente (BR) – e Bárbara de la Fuente – Southern Mirrors (CA) – acreditam que o cinema é um veículo propagador da cultura brasileira, aproximando nações, gerando negócios e despertando a curiosidade do espectador para histórias e destinos surpreendentes. Do Acre, ao Rio Grande do Sul, de Pernambuco ao Mato Grosso, o Brasil está completamente documentado e contado em histórias que merecem ser partilhadas no BRAFFTV.
O premiado longa ‘Rânia’, da cearense Roberta Marques, figura entre os concorrentes…
Enquanto espera o início das sessões, o público canadense pode conhecer um pouco mais do Brasil na II Exposição de Produtos e Serviços Brasileiros, no hall do Carlton Cinema (12 a 14/10).
Slogan do BRAFFTV 2012: Você será fisgado pelo Brasil !
O termo fisgar no Brasil e no Canadá tem o sentido objetivo de pegar, pescar o peixe. Já no sentido figurativo, a interpretação é diferente nos dois países: fisgar no Brasil está relacionado a ficar envolvido em algo inusitado e apaixonante; no Canad,á o termo está associado a ficar viciado por algo. Que seja pelo cinema brasileiro ! Este é o convite do BRAFFTV !
Mostra Competitiva – Longas
Cartas para Angola                                 2011  Documentário 75’          Coraci Ruiz e Julio Matos
Coração do Samba                                  2011  Documentário 72’          Thereza Jessouroun
Corações Sujos                                       2011  Ficção 107’                    Vicente Amorim
Dois Coelhos                                           2011  Ficção 108’                    Afonso Poyart
Estamos Juntos                                      2011  Ficção 95′                      Toni Venturi
Futebol de Várzea                                   2011  Documentário 82´          Marc Dourdin
O Palhaço                                                2011 Ficção 88’                       Selton Mello
Os Últimos Cangaceiros                        2011  Documentário79′            Wolney Oliveira
Paralelo 10                                               2011  Documentário 87’           Silvio Da-Rin
Rânia                                                        2011 Ficção 85′                       Roberta Marques
Reflexões de um Liquidificador            2010  Ficção 80′                       André Klotzel
Rock Brasília – A Era de Ouro                2011  Documentário 111’         Vladimir Carvalho
Sobre Futebol e Barreiras                      2011  Documentário 110′         Arturo Hartmann, Lucas Justiniano, José Menezes, João Carlos Assumpção
Uma Professora Muito Maluquinha      2011   Ficção 88’                      André Alves Pinto e Cesar Rodrigues
Mostra Competitiva – Curtas/Médias
Até a Vista                                              2011 Ficção 20`                        Jorge Furtado
A Dama do Estácio                                2012  Ficção 22`                        Eduardo Ades
A Galinha que Burlou o Sistema          2012 Ficção  15’                        Quico Meirelles
Bud’s Song’s Time                                 2011 Animação 3´47                 Helder Nobrega
Cadê meu Rango?                                 2012 Animação 4’15”                George Munari Damiani
Depois da Queda                                   2011 Ficção 17’                         Bruno Bini
Deus                                                        2011 Ficção 12´                         André Miranda
Elogio da Graça                                     2011 Documentário 25’              Joel Pizzini
Isso Não é o Fim                                    2011 Ficção 15’                         João Gabriel
Lápis de Cor                                           2011 Ficção 16`                         Alice Gomes
Maldito Gergelim                                    2012 Ficção 13′                         Flávio Barone
O Fim do Filme                                       2012 Ficção 15´                         Alison Zago, Richard Dantas
O Gigante                                               2012 Animação 10`30″               Julio Vanzeler, Luis Matta Almeida
O Veneno está na Mesa                        2012 Documentario 50`              Silvio Tendler
Passo Compasso                                  2012 Ficção 7`                            Caroline Fioratti
Piove, il Film di Pio                               2012 Documentário 14’56’’          Thiago Mendonça
Premonição                                           2011 Ficção  13’                           Pedro Abib
Procurando Madalena                          2010 Documentário 18`               Ricardo Salles
Qual Queijo Você Quer?                      2011 Ficção 11`15″                      Cintia Domit Bittar
Tocaia para Tuco Valente                    2011 Ficção   15’                          Evandro Goy
Uma Vida Inteira                                    2011 Ficção 15`                           Ricardo Santini, Bel Ribeiro
Urânio Picuí                                           2011 Documentário 15´               Tiago Melo, Antônio Carrilho

AGENDA

·         20/09 – Pré-BRAFFTV com exibição gratuita do clássico Marvada Carne (Biblioteca Pública Palmerston);
·         3/10 – Festa de lançamento do 6º BRAFFTV (Lula Lounge);
·         3/10 e 12/10 – Oficina de Documentário (Universidade de Toronto);
·         11/10 – Abertura do BRAFFTV com o filme Xingu (Bloor Hot Docs Cinema);
·        11/10 – Debate 25 anos de Brasil no Canadá  com a presença do cineasta Toni Venturi exibindo seu filme Under the table
·        11 a 14/10 – Sessão Brah-zoo-kah: Filmes produzidos por brasileiros que moram fora do País (Carlton Cinema);
·        12 a 14/10 – Exposição de produtos brasileiros no hall do Cinema (Carlton Cinema);
·         12 a 14/10 – Mostra Competitiva BRAFFTV – Documentário, ficção e animação em curta, média e longa metragem (Carlton Cinema);
·         14/10 – Encerramento do BRAFFTV com o filme Raul – O Início, o Fim e o Meio (Carlton Cinema);
·         14/10 – Cerimônia de premiação do BRAFFTV (Carlton Cinema);
.         14/10 – Sessão Brazil visto por outros olhos (Carlton Cinema);
·        14/10 – 5ª Mostra Competitiva UpTo3’ – filmes para novas mídias com duração de até 3 minutos (Carlton Cinema);
.          26 a 28/10 – Pink Latino Diversity (Carlton Cinema)

BRAFFTV – Linha do tempo

Prêmio Golden Maple
·1500 filmes inscritos em 6 anos
·210 filmes exibidos em 5 anos
Público
· 11.800 espectadores em 5 anos
Perfil
Canadenses: 52%
Brasileiros: 35%
Outras: 13%
Principais filmes exibidos:
·  Boca, Budapeste, Divã, Estômago, Fábrica, Fabricando Tom Zé, Loki – Arnaldo Baptista, Lula – o Filho do Brasil, Meu Nome não é Johnny, Não por acaso, Querô, Rosa Morena, Simonal – Ninguém sabe o duro que dei, Tempos de Paz;
Apoio
O BRAFFTV faz parte do Fórum dos Festivais e conta com apoio do Consulado Geral do Brasil em Toronto, Mellohawk Logistics, Brasil Remmitance, DBOR Design, Brazuca – Brazilians United in Canada. O apoio de mídia é da Maxpress, OiToronto, Jornal da Gente, Nossa TV Canada, Etc & Tal, Brasileiros no Canadá, Wave e Jornal Centro em Foco. Os prêmios serão oferecidos pelo CiaRio e pelo artista plástico Beto Jardim. O apoio institucional é de Raindance Canada, Canal Brasil, Ponto & Letra, Martha Rangel,  A Docuvixem Film.

Cachoeira quer ver Documentários…

Até 15 de setembro, cineastas podem inscrever seus documentários de curta, média e longa-metragem no III CachoeiraDoc – Festival de Documentários de Cachoeira, que acontecerá de 4 a 8 de dezembro, no Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), na cidade de Cachoeira.

O Festival busca fomentar a cultura do documentário através da exibição de filmes, oficinas, debates e ciclo de conferências. Os interessados devem enviar vídeos produzidos a partir de 2011, em qualquer formato, incluindo vídeos feitos por câmeras em celulares e câmeras digitais, e em película 16 mm e 35 mm.

O Festival vai acontecer na cidade histórica de Cachoeira, onde foi lançado em 2010. Nas duas edições anteriores, cerca de 4.500 pessoas assistiram a um total de 85 filmes documentários (73 nacionais). Na Mostra Competitiva Nacional, ao todo, foram inscritos 356 filmes de todas as regiões do país. Entre os 43 selecionados, 13 eram médias ou longas-metragem, e 30eram  curtas.

Mais: www.cachoeiradoc.com.br

Cidade argentina vai homenagear Cinema Brasileiro

 La 19º edición del Festival Latinoamericano de Video y Artes Audiovisuales Rosario 2012 se realizará desde el viernes 7 hasta el domingo 16 de septiembre, en Rosario (Santa Fe, Argentina).

El Festival Latinoamericano de Video Rosario, en sus distintas ediciones, se ha consolidado como una pantalla para mostrar producciones latinoamericanas independientes, para que estudiantes de cine y directores consagrados compartan el espacio de difusión y exhibición de igual a igual, convirtiéndose en un espacio único donde la producción audiovisual latinoamericana es protagonista.

Desde 1993 el festival se convirtió  en un punto de encuentro para los realizadores y el público. Año tras año, se  observan las producciones de los creadores locales y de Latinoamérica.

Gracias a la cantidad y calidad  de los videos enviados y al prestigio de los profesionales invitados, el  encuentro crece en sus sucesivas ediciones.

Este tipo de certamen alberga a todos los géneros y categorías que el video concibe.

Curta Cine Camelô é um dos filmes brasileiros a serem exibidos em Rosário…

Cortos, medio y largometrajes suman alrededor de 300 obras, que se proyectan en más de diez sedes durante diez intensas jornadas. A las ya clásicas secciones competitivas y proyecciones fuera de competencia, se suma la 12º Muestra de Videos para Niños y Jóvenes.  Este año la cinematografía brasileña será la gran homenajeada con retrospectivas, muestra de los festivales más representativos y una selección de filmes contemporáneos.

Na edição deste ano, o audiovisual brasileiro estará represnetado pelos seguintes curtas-metragens:

Novo filme de Carlos Segundo: fruto de longa espera no aeroporto de Munich

Connexion Munich, do cineasta Carlos Segundo (MG)
Aba (1992), de Raquel Gerber (SP)
Cine Camelô (que tivemos a alegria de premiar ano passado no Amazonas Film Festival), de Clarissa Knoll (SP)
JUS, de Marcelo Dídimo (CE)
Linear, de Amir Admoni (SP)
Nunca mais vou filmar, de Leandro A. Guimarães (BA)
O Brasil de Pero Vaz Caminha, de Bruno Laet  (RJ)
Os sons do Divino e o Espírito Snto do silêncio, de Cláudia Pinheiro (SP)
Auspician: Centro Cultural Parque España / AECID, Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales

Organizan Centro Audiovisual Rosario, Secretaría de Cultura y Educación de la Municipalidad de Rosario, Tea Imagen, Escuela de Producción Integral de Televisión de Buenos Aires.

Saiba mais: http://www.centroaudiovisual.gov.ar/uploadsarchivos/comp_oficial_web.pdf

Cine B faz 5 exibindo Cinema Brasileiro

 Cinco Vezes Favela, Agora por nós Mesmos é o filme deste mês 

Cena do primeiro episódio, Arroz com feijão… 

O CINE B, projeto de cinema itinerante realizado pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região em parceria com a Brazucah Produções, está completando 5 anos este julho. Nesse tempo, o Cine B já levou muito do cinema brasileiro (longas e curtas-metragens) para 27.500 espectadores e realizou 222 sessões nos mais diversos bairros e comunidades de São Paulo, Osasco e Região.

Ruy Guerra: cineasta atua num dos episódios mais aplaudidos pelo público…

Segundo Cidálio Vieira Santos, coordenador do Projeto, através do Cine B, muitas pessoas experimentaram, pela primeira vez, a experiência de assistir a um filme no cinema. “Já levamos a estrutura cinematográfica do Cine B, composta por telão, projetor, caixas de som, banners, pesquisas de opinião e sorteio de camisetas do projeto, além da tradicional pipoca e de seu pipoqueiro oficial, o seu Antônio Nascimento, para escolas, salões de igrejas, quadras esportivas, debaixo de ponte, praças, ruas e parques de São Paulo e região”, conta.

 

O Cine B vai comemorar estes 5 anos com mais sessões de Cinema: dias 19, 20 e 21 de julho, o Projeto exibe no Jardim Brasília, Cohab 1 e Jardim da Conquista, bairros da Zona Leste de São Paulo, o filme Cinco Vezes Favela, agora por nós mesmos 

 

Desde 2007, o projeto já exibiu “Eu e meu guarda-chuva”, “O contador de histórias”, “O casamento de Romeu e Julieta”, “Antônia”, “A máquina”, “Meu nome não é Johnny”, entre outros títulos de sucesso. O CINEB também já realizou diversas pré-estreias de filmes brasileiros como “Raul Seixas – O início, o fim e o meio”, Divã, Era uma vez…, entre outros. 

Após as sessões, é vendido um DVD com os 5 curtas mais votados pelo público do projeto, nos 5 anos de exibição. A seleção faz parte do primeiro Selo Cine B do Cinema Brasileiro, uma coletânea de DVDs com curtas-metragens brasileiros. A ideia é popularizar este formato de filme.

 

 Cena de Deixa voar, um dos cinco episódios de Cinco Vezes Favela

Saiba mais sobre o CineB: http://cineb.spbancarios.com.br 

SERVIÇO 

Dia 19 de julho, quinta, 19h – Jardim Brasília (Zona Leste)

Onde: Entidade Juntos (Rua Canfora, 90 – Jd. Brasília)
Retirada de Convites: Sr. Humberto/ Daniel

Mais informações: (11) 2364 2328
Capacidade: 200 pessoas
 

Dia 20, às 19h – Cohab1 – Zona Leste

Onde: Associação dos Moradores – Esfuco (Travessa Antonio Brunelli, 351 – Cohab I – Artur Alvim)
Retirada de Convites: na Associação de Moradores/ 3188 5208

Mais informações: Anaildo/ Edu – 8691-6204
Capacidade: 120 pessoas 

Dia 21 (sábado), às 19h – Jardim Conquista – Zona Leste

Onde: Emef. Prof. Carlos Correa Mascaro –(av. Salve A Mocidade, 932 – Jd. Conquista).

Mais informações: 7895-1872
Capacidade: 200 pessoas