Arquivo da tag: vitória

O Povo do Mangue

 

A Associação de Pescadores Artesanais da Grande Nova Rosa da Penha (Ascapenha) lançará na próxima segunda  o documentário O Povo do Mangue. A exibição é gratuita e acontecerá às 18 horas, na Escola Estadual Teotônio Brandão Vilela, em Nova Rosa da Penha II. A obra faz parte da série composta por três documentários produzidos por trabalhadores do mangue a partir do projeto Povos e Mangues: o Audiovisual na Educação Ambiental de Cariacica

Os curtas-metragens são resultado das oficinas gratuitas realizadas junto a trabalhadores de três associações sediadas no município. A série aborda como a pesca e a caça indiscriminadas e a poluição ameaçam a sobrevivência da atividade e do manguezal. O tema das produções é comum aos diferentes grupos de trabalhadores, mas cada documentário retrata a experiência e a realidade de trabalho de uma das comunidades participantes.   

A exibição do documentário da Associação de Pescadores Artesanais de Porto de Santana (Apaps) aconteceu dia 5  na Igreja Estrela Viva, no bairro. Na mesma tarde, foi a vez da Associação de Pescadores, Marisqueiros e Caranguejeiros de Nova Canaã exibir, no Posto de Saúde do bairro, o curta feito pela entidade.  O lançamento do documentário de Nova Rosa da Penha II, na próxima segunda, encerrará o circuito de exibição  dos documentários.

A realização é  do Instituto Marlin Azul, com patrocínio do Ministério da Justiça, e conta com parceria da Secretaria de Meio Ambiente e da Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal de Cariacica, e da Ong Bioma Brasil.    

Produção

O projeto Povos e Mangues: o Audiovisual na Educação Ambiental de Cariacica ofereceu formação nas áreas da linguagem e das técnicas audiovisuais para a produção de conteúdos ligados à educação ambiental.A construção do roteiro aconteceu de forma coletiva no decorrer dos encontros com a equipe do Instituto Marlin Azul.  Depois, cada associação montou um plano de produção e filmagem com orientação de profissionais e, em seguida, gravou imagens e entrevistas com os personagens. As cenas foram captadas em diferentes ambientes, como no próprio manguezal, em ruas, casas e locais de venda dos peixes e mariscos.   

Animação  

O projeto Povos e Mangues: O Audiovisual na Educação Ambiental de Cariacica começou a ser desenvolvido em 2009 nas escolas da rede municipal de educação de Cariacica, envolvendo alunos em oficinas audiovisuais para a realização de curtas-metragens de animação com temática ambiental.   Foram realizadas cinco oficinas de animação nas seguintes escolas: no Centro Municipal de Educação Infantil “Erenita Rodrigues Trancoso”, em Itacibá; na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Tânia Pôncio Leite”, em Vila Cajueiro; na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Martin Lutero”, em Flexal II; na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Amenóphis de Assis”, em Vale Esperança; e na Escola Municipal de Ensino Fundamental “Euvira Benedita Cardoso da Silva”, de Novo Brasil.

As obras audiovisuais, com roteiro, desenhos, animação e direção das crianças e adolescentes, abordam diferentes temas, entre eles: a lenda do Capitão do Mangue; a história de ocupação das áreas de manguezal durante a migração ocorrida nas três últimas décadas; e o ciclo de vida do caranguejo, comparando com as fases de vida do ser humano.  

 Histórico  

O município de Cariacica, localizado na Região Metropolitana da Grande Vitória (ES), possui áreas de manguezal que sofreram com o crescimento urbano desordenado, acumulando problemas como deposição de lixo, ocupação irregular, contaminação por esgotos domésticos, devastação da mata, pesca e caça predatórias.  Com o compromisso de recuperar e preservar o ecossistema, a Prefeitura Municipal de Cariacica, em parceria com a Ong Bioma Brasil, criou o projeto Povos e Mangues, cuja proposta é capacitar educadores para atuar junto aos alunos das escolas públicas do entorno do manguezal, promovendo a educação ambiental e incentivando a mobilização e o fortalecimento comunitário. Nesse contexto foi criado o manual Os Maravilhosos Manguezais, desenvolvido pelo Bioma Brasil. 

A fim de ampliar a abrangência do manual, o Instituto Marlin Azul propôs a utilização da linguagem audiovisual como ferramenta pedagógica adicional ao trabalho dos professores, envolvendo alunos e comunidades ribeirinhas no processo de conscientização ambiental através da produção e difusão de conteúdos audiovisuais educativos. 

Rosária e a Animação de Niemeyer

Estudantes da rede pública iniciam segunda-feira (07) os desenhos das cenas de um curta-metragem de animação, a ser ue será apresentado na noite de encerramento do  17º Vitória Cine Vídeo.  

Estela, uma estudante de ensino fundamental de Vitória, embarca numa nave do tempo para uma aula diferente sobre história. Acompanhada de um dos mais importantes arquitetos  contemporâneos do mundo, Oscar Niemeyer, ela passeia pelas curvas das principais obras do artista ao mesmo tempo em que assiste a acontecimentos históricos. 

O roteiro orientará um grupo de alunos da rede pública na produção das primeiras cenas do curta-metragem da nova edição do Projeto Animação. A atividade faz parte da oficina de animação a se realizar de segunda-feira a sexta (11/06), na Escola Municipal de Ensino Fundamental Neusa Nunes Gonçalves, de Nova Palestina, em Vitória. 

Esta será a segunda de cinco oficinas em preparação ao filme de animação que será apresentado na noite de encerramento do 17º Vitória Cine Vídeo, marcado para o final do ano. A realização é do Instituto Marlin Azul e conta com parceria da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura. 

Roteiro

 Durante a primeira oficina, realizada em maio, os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental José Áureo Monjardim, de Fradinhos, discutiram e desenvolveram o roteiro da obra audiovisual com o acompanhamento da cineasta Luelane Corrêa

A inspiração para o desenvolvimento da história foi o arquiteto Oscar Niemeyer, um dos mais reconhecidos profissionais da arquitetura contemporânea internacional, responsável por criar novas formas de utilização do concreto armado, redesenhando o espaço urbano. 

Nascido no Rio de Janeiro, em 1907, o artista elaborou projetos como os edifícios públicos de Brasília (Congresso Nacional, Palácio do Planalto, Palácio Alvorada); o Memorial da América Latina; o Museu de Arte Contemporânea e a sede da Organização das Nações Unidas (ONU); entre várias outras obras espalhadas pelo Brasil e pelo Mundo.

A fundação ligada ao arquiteto autorizou o desenvolvimento do filme a partir das informações disponibilizadas no site da instituição (www.fundacaooscarniemeyer.com.br). Os estudantes capixabas homenagearão o arquiteto percorrendo uma linha do tempo para lembrar as principais obras do artista e alguns acontecimentos da história do Brasil e do Mundo ocorridos ao longo destes 102 anos de vida de Niemeyer, que completa 103 anos em 15 de dezembro.

 Animação 

Nesta segunda fase, os estudantes de Nova Palestina darão forma e cores à história criada pela primeira turma do projeto. Para montar as cenas, eles aprenderão técnicas de animação como desenho em papel, animação em massinha, recorte e pixilation (técnica de animar pessoas através do uso da fotografia digital).

Tem um Dragão no meu Baú, criação da carioca Rosária

Os alunos serão orientados pela animadora Rosária, do Rio de Janeiro. Dentre seus trabalhos, a produção de vinhetas, videoclipes e campanhas institucionais para televisão. No cinema, além de animar várias sequências de filmes, escreveu, dirigiu e animou o premiado curta Tem um Dragão no Meu Baú (2005) e o recém-lançado A Menina da Chuva, ambos com roteiros premiados pelo Ministério da Cultura. 

As próximas oficinas serão desenvolvidas, entre os meses de julho e setembro, na EMEF Juscelino Kubitschek de Oliveira, em Maria Ortiz; EMEF Eliane Rodrigues dos Santos, na Ilha das Caieiras; e novamente na EMEF José Áureo Monjardim, em Fradinhos.

Finalizado em 35 mm, o curta terá roteiro, desenho, animação e direção de 150 alunos do 6º ao 9º ano (5ª a 8ª série) do ensino fundamental de quatro escolas públicas da capital.

 Saiba mais 

Criado em 2001, o Projeto Animação tem por objetivo desenvolver as formas de expressão e promover o resgate cultural e artístico, democratizando o acesso aos bens culturais pela população infanto-juvenil local. A cada ano, um novo filme é produzido por novas turmas de alunos, possibilitando a inclusão e o desenvolvimento do saber audiovisual para turmas de crianças e adolescentes.

Desde a criação do projeto foram realizados os seguintes curtas-metragens: Mangue e Tal (2002); Portinholas (2003); Zen ou Não Zen? Eis a questão (2004); Vitória pra Mim (2005); Albertinho (2006); Ele (2007); Mestre Vitalino e Nós no Barro (2008) e Um Fio de Esperança (2009).

MESSI FAZ 2 e DÁ NOVA VITÓRIA ao BARÇA

Messi faz dois, iguala recorde de Ronaldo e dá o BI ao Barcelona

barcelona comemora gol sobre o valladolidBarcelona comemora (Foto: AFP)

O Barcelona confirmou seu favoritismo e, com uma vitória por 4 a 0 sobre o Valladolid, no Camp Nou, conquistou neste domingo o bicampeonato espanhol. Prieto (contra), Pedro e Messi (duas vezes) fizeram os gols que asseguraram aos catalães o vigésimo título nacional de sua história.

Com os gols que marcou, Messi igualou o recorde histórico de Ronaldo, que em 1996-1997 terminou a temporada com 47 tentos (melhor desempenho do clube em todos os tempos). Só pelo Campeonato Espanhol, Messi fez 34 gols.

 Outro recorde obtido foi o da pontuação do Barcelona. A equipe atingiu a marca inédita de 99 pontos. Foram três a mais do que o vice Real Madrid, que nesta última rodada não passou de empate com o Málaga (1 a 1). Com a derrota diante do Barça, o Valladolid foi rebaixado.
messi comemora, barcelona x valladolid
MESSI e PEDRO: pura alegria (Foto: EFE)
 

ARGENTINO fecha com BRILHANTISMO INVEJÁVEL

No segundo tempo, praticamente campeão, o Barça fez o que sabe de melhor: tocou a bola. O time não correu riscos e ainda ampliou, justamente com seu maior craque. Touré fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para Messi, gol vazio, empurrar para a rede.

Quem pensou que o show havia terminado, se enganou. Ainda houve tempo para mais um gol de Messi. Aos 31, o camisa 10 recebeu bola na entrada da área, passou por dois marcadores e bateu cruzado para fazer o 4 a 0. Foi a senha para a festa no Camp Nou.

SARAVÁ, MESSIIIIII !!!