Arquivo da tag: Walter Webb

Cinema de LUTO: Brasil perde Walter Webb

Walter Webb deixa lacuna no Cinema e no coração…

Bem humorado, inteligente, boa praça e grande produtor, Walter Webb era um verdadeiro baú da história do Cinema, TV e Teatro brasileiros…

Produtor, cineasta, roteirista, homem de TV, Teatro e Cinema, prosador dos mais convincentes, tremendo boa praça, amizade feita tão logo nos conhecemos. Mais do que tudo quanto realizou nas áreas onde era figura tarimbada e presença constante, Walter Webb era um ser humano de alma especial, com quem era fácil
se encantar e criar sintonias.

Germano Pereira, Aurora Miranda Leão, Webb e Rosamaria Murtinho

Dele, gostaria sempre de falar em boa praça e fartas doses de alegria pois assim ele era. De coração muito triste, escrevo este post agora pra falar da partida de Walter Webb. Embora todos nós, seus fãs e amigos, saibamos o quanto Webb já sofria com sérios abalos na saúde, é sempre triste ter de falar sobre o ‘desaparecimento’ de um amigo e de pessoa que fazia tão bem aos lugares onde ele era sempre bem vindo.

Walter Webb entre as lindas Bruna Chiaradia e Giselle Motta…

Webb esta

Walter recebendo homenagem no Anápolis Festival – foto Wellingta Gouveia

Com Walter, gravei algumas coisas interessantes, relíquias que sempre emoldurei em carinho e respeito. Walter Webb é personagem de dois curtas Aurora de Cinema; ‘O Sumiço de Alice’, que está em nosso canal do Youtube, e de um novo curta, ainda por concluir. Com Walter fomos, eu e uma turma que estava na edição 2012 do Festival de Cinema de Anápolis, à casa da atriz Eliane Lage, em Pirenópolis, e com a Estrela de tantos relevantes filmes do cinema brasileiro, passamos uma tarde agradável de bate papo repleto de lembranças e boas histórias.

Com a atriz Marília Medina no Festival de Cinema de Maracanaú (CE) – click Aurora Miranda Leão

Em todo caso, mesmo nesses dias em que a tristeza vem e estende um véu em tudo que há aqui – como tão bem poetizou o iluminado Herbert Vianna -, quero falar da alegria de ter conhecido Walter Webb e de ter curtido ao lado dele alguns momentos muito especiais em minha trajetória de Cinema. Dele quero guardar a conversa sempre gostosa e bem humorada, o sorriso farto, o apoio constante, o riso constante, a gentileza invejável, a fidalguia tão rara, e o prazer da convivência.

Aurora de Cinema e Débora Torres no dia feliz em que conheci a incrível figura do cineasta e produtor Walter Webb…

Em momento do Festival de Maracanaú, edição 2011…

De Walter Webb agora, muita saudade e boas lembranças.
Porém, mesmo de olhos marejados, o APLAUSO emocionado, comovido e efusivo para a grande personalidade que foi WALTER WEBB, um nome que merece e deve ser homenageado devidamente pelo Cinema Brasileiro.

Amizade preciosa: Aurora Miranda Leão, Walter Webb e Débora Torres

Débora Torres, Murilo Rosa, Walter Webb e Alberto Araújo na noite de abertura do Araxá Cine Festival, em setembro de 2012 (foto Alex Silva)

Vai com Deus ! Descanse em Paz, querido amigo WALTER WEBB !

Anápolis prepara terceira edição do Festival de Cinema

Anápolis, uma das cidades mais importantes de Goiás, faz um dos melhores festivais de Cinema do país. Edição 2013 será em maio…

Idealizado e coordenado pela cineasta e produtora-executiva Débora Torres, festival será em maio…

I- As inscrições dos curtas do Centro-Oeste e dos curtas anapolinos estarão abertas de 25 de março a 9 de abril de 2013, podendo a ficha de inscrição ser encontrada no site www.anapolisfestivaldecinema.com.br

Para inscrever-se, o realizador tem de preencher a ficha, imprimi-la e enviá-la, juntamente com o  material descrito no item 6-IV e V para a Coordenação Geral do Festival, na sede da Secretaria Municipal de Cultura de Anápolis, situada na Praça Bom Jesus, nº 101, Centro, Anápolis-GO – 75025 – 050.

II- A ficha de inscrição (ANEXO I), Termo de Cessão de Direitos Autorais (Anexo II) e o Regulamento (ANEXO III) do Edital n° 003/2013, estarão disponíveis no Site: www.anapolisfestivaldecinema.com.br

???????????????????????????????David Cardoso, Carlos Alberto Riccelli e Rubens Ewald Filho na edição 2012…

b)– Filme de curta-metragem do Centro-Oeste de todos os gêneros:

– Melhor curta-metragem do Centro-Oeste –– R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) mais troféu.

c) – Filme de curta-metragem anapolino de todos os gêneros:

– Melhor curta-metragem Anapolino – Prêmio Incentivar Secretaria Municipal de Cultura à Produção de curta-metragem que será destinado à produção de um novo curta-metragem a ser produzido na região de Anápolis e exibido na abertura do 4º ANÁPOLIS FESTIVAL DE CINEMA – R$ 30.000,00 (trinta mil reais) mais troféu;– Melhor Roteiro – R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) mais troféu;

– Melhor Direção – R$ 7.500,00 (sete mil e quinhentos reais) mais troféu.

A, Webb e Deb em AnapAurora Miranda Leão, Walter Webb e Débora Torres na primeira edição do concorrido Festival de Cinema de Anápolis…

Livro de Felipe Brida é um mergulho no mundo do Cinema

Cercado de amigos e interessados na Sétima Arte, autor lançou seu livro de estreia em CATANDUVA, sua cidade natal…

Uma enorme fatia de amigos, estudantes, profissionais da área cultural, e interessados em Cinema de modo geral compareceram a noite de lançamento do livro CINEMA EM FOCO, de autoria do jornalista/radialista/blogueiro e professor universitário FELIPE BRIDA. Sem dúvida, o momento revestiu-se num dos mais concorridos lançamentos literários dos últimos tempos em Catanduva, numa bela noite que teve como cenário o espaço do SESC.

Felipe autogr

Felipe Brida autografando seu livro de estreia como crítico de cinema em concorrida noite em Catanduva…

O livro Cinema em Foco – Críticas Selecionadas, do jornalista e crítico de cinema paulista Felipe Brida, reúne 290 resenhas de filmes de sua autoria, publicadas ao longo de uma década, em diversos veículos de comunicação de todo o país, como sites, boletins eletrônicos, jornais, blogs e revistas.

São 356 páginas que contém minuciosas análises de filmes que marcaram a história, de todos os gêneros e épocas. Conta com prefácio da atriz e produtora de cinema Aurora Miranda Leão, além de notas do jornalista Marcelo Pestana e palavras do renomado produtor e cineasta baiano Walter Webb.

Felipe Brida e Thatiana Pizarro na noite do lançamento em Catanduva…

QUEM É FELIPE BRIDA

Felipe Brida é jornalista formado pela Unirp – Centro Universitário de Rio Preto e especialista em “Artes Visuais e Intermeios” pela Unicamp. Pesquisador de cinema desde 1998 e professor de Comunicação e Semiótica no Imes Catanduva, ministra cursos de extensão e workshops de História da Arte Contemporânea e História do Cinema em faculdades e festivais de cinema em todo o país (como Anápolis e Goiânia/GO, Brasília/DF, São Paulo/SP, Bagé/RS e Belém/PA). Comentarista de cinema na rádio Globo e na Nova TV, também publica críticas de cinema no jornal “O Regional”, nos sites “E-pipoca”, “Observatório da Imprensa” e “Argumento.net”, no clipping eletrônico “Colunas & Notas”, na revista “Middia Magazine” e no informativo semestral da Unesp/Bauru. Mantém dois blogs de cinema (“Cinema na Web” e “Setor Cinema”). Trabalhou como repórter e comentarista de cinema na rádio Jovem Pan de Catanduva, no jornal Notícia da Manhã, na rádio Bandeirantes e na revista Maxxis.

Aurora Miranda Leão, Murilo Rosa e Felipe Brida durante a primeira edição do Festival de Cinema de Anápolis, em 2011…

ALGUMAS PALAVRAS sobre CINEMA EM FOCO

Felipe era ainda um adolescente quando o cinema começou a dominar sua atenção. Enveredou pelo jornalismo e desde 1998 pesquisa sobre a Sétima Arte. Essas vivências só ratificaram sua decisão de seguir na trincheira da Arte, da Cultura e da Comunicação. Especializou-se em Artes Visuais e Intermeios pela Unicamp, e tornou-se professor de História da Arte, Semiótica e Comunicação em universidades paulistas. Ainda bem moço, este jornalista polifacético tem, no entanto, uma considerável bagagem cultural. Além de escrever sobre Cinema e manter dois sites, ele ainda arranja tempo para ministrar cursos e workshops, participar de festivais, estar sempre bem informado, e ser comentarista também no rádio.

Neusa Borges, Aurora de Cinema e Felipe Brida em noite memorável…

A presença de Felipe Brida, em todos os espaços onde atua, mostra o quanto pode contribuir positivamente alguém atuante na área com seriedade, responsabilidade e compromisso com a história. Quem dedica-se ao que faz com o empenho, proficiência e compromisso histórico como o autor de quem agora falamos dignifica a profissão e empresta um diferencial relevante para alavancar o entendimento do cinema como ferramenta muito mais funcional do que possa parecer num primeiro olhar, sem tempo suficiente para apreender conceitos.

Ler as críticas de Felipe Brida é um gostoso entretenimento e um benfazejo aprendizado. Porque a prosa dele é clara, expressiva e de fácil compreensão para quem quer se interesse por saber mais e melhor sobre um filme. Acertou em cheio ao escolher o ofício.

Brida e Leonardo 2011 foto AML

Felipe Brida e o ator Leonardo Medeiros durante encontro de Cinema…

Mais que um apanhado de várias críticas escritas ao longo de suas atividades em tantos meios diferentes, o livro de Brida é um generoso convite a todos os interessados em conhecer mais sobre cinema, cultura, arte, sociedade e contemporaneidade.

E é com imensa e afetiva satisfação que partilho este convite com você, leitor, na certeza de estar indicando uma valiosa fortuna crítica para sua estante cinéfila, em andamento ou por se fazer, pois será difícil ler o livro de Brida e não ficar com imensa vontade de rever muitos dos filmes por ele comentados, ou ir a uma locadora pegar a cópia correspondente ao título cuja leitura lhe aguçou mais a curiosidade.

Felipe e a mãe

Felipe Brida na noite de lançamento em Catanduva, ao lado da mãe Fátima Boso…

Recomendo a leitura porque foi com encantamento pelo profundo sentido de objetividade, síntese, boa informação, coerência e clareza – pilares do bom jornalismo – que as palavras de Brida de imediato me tocaram, há alguns anos, quando comecei a descobrir seus textos em andanças pela web, muito antes de vir a desfrutar de sua amizade leal, sincera, afetuosa e cheia de imagens a tracejar linhas de empatia e emoções a transpassar ideias sonoras e visuais, as quais o acompanham sem o menor sentido de convencimento mas encravadas na alma de um profissional cujo trabalho espelha amor ao que faz, e muito respeito e apreço pela sua audiência.

O livro de Felipe Brida, portanto, é digno de nosso melhor aplauso e o deve ser de sua melhor leitura. Portanto, vamos a ela !

Em noite festiva, Felipe Brida, o poeta Jorge Salomão, a jornalista Aurora Miranda Leão e o cineasta Luís Alberto Cassol – Bagé, novembro 2012…

Felipe Brida e seu olhar de CINEMA

Acabo de saber e repasso em primeira mão pra você, leitor amigo deste Aurora de Cinema: o livro Cinema em Foco: Críticas selecionadas, do jornalista e professor de Cinema e Semiótica, Felipe Brida, acaba de sair da gráfica.

Segundo o autor, “O livro está saindo do forno depois de seis meses de elaboração, seleção, diagramação e muitos outros ‘ãos’. A HN Editora, de Rio Preto, irá me entregar assim que retornar de viagem, daqui a 10 dias. São 300 resenhas de minha autoria, criteriosamente selecionadas por mim, nesses 10 anos de críticas publicadas em jornais, sites e blogs variados, como E-pipoca, UOL, Colunas & Notas, jornal O Regional, blog Cinema na Web, boletim informativo da Unesp/Bauru e tantos mais. Ao todo 400 páginas de análises de filmes de gêneros e épocas diversas. Deixo uma amostra aqui da capa, cujo projeto gráfico é do amigo publicitário Rafael Martins (pelos encartes ao fundo vocês já podem ter noção do que vão encontrar pela frente!). A revisão dos textos é da competente jornalista Florence Manoel. E muitos amigos colaboraram com prefácio, comentários nas orelhas, apresentação e contra-capa, como o jornalista Marcelo Pestana Carlos Cirne, o diretor de cinema e produtor Walter Webb, a jornalista e atriz Aurora Miranda Leão, e a professora e semioticista Dinamara Garcia Rodrigues. O livro ficou um barato, segundo os poucos que já deram uma conferida no material bruto. Em breve coquetel de lançamento ! Espero que gostem !”

Neusa Borges, Aurora Miranda Leão e Felipe Brida no Festival de Anápolis…

Felipe Boso Brida é um dos jornalistas mais dedicados e antenados profissionais do meio de Cinema, um apaixonado pela Sétima Arte, amigo e parceiro querido de viagens de cinema, festivais e curtas-metragens (ele é um dos muitos que integram o curta O Sumiço de Alice, de minha autoria, rodado durante o I Festival de Cinema de Anápolis, criado e coordenado pela querida Débora Torres).

FELIPE BRIDA está chegando amanhã em Bagé, onde vai ser júri da Mostra Internacional do IV Festival de Cinema da Fronteira. Felipe é mais um que chega para abrilhantar o festival e contribuir com sua sempre judiciosa participação. Bem vindo, Brida, e PARABÉNS pelo livro !

Ecos de Araxá: a beleza das criações Annarrá

AURORA DE CINEMA direto do Araxá Cine Festival

Aurora Miranda Leão, Walter Webb e Rosamaria Murtinho, usando colar criado pela Annarrá…

Os dias de sol, calor, cinema e bons papos no encantador município mineiro de Araxá, ainda ecoam na memória e, por certo, hão de ficar pra sempre no coração.

Colírio ! …. Preciosidades Annarrá

E dentre tantas coisas encantadoras vistas ali, vale registrar a visita à bela loja Annarrá, na avenida principal do centro de Araxá, onde fomos eu e a atriz Rosamaria Murtinho, levadas por Célia Pio (da produção do I Araxá Cine Festival).

Vale salientar: eu e Rosamaria ficamos absolutamente surpresas com a beleza das criações da Annarrá, loja especializada em finas bijuterias, criadas pelas próprias filhas da dona – Anna e Raphaela Aguiar -, a simpática Gláucia, que nos mostrou com satisfação e um belo sorriso as muitas peças de fino bom gosto ali expostas.

Rosamaria Murtinho recebida por Gláucia, mãe das artistas da Annarrá

Sem dúvida, visitar à Annarrá faz bem aos olhos. São lindas, exóticas, e quase exclusivas as peças ali criadas por duas araxaenses que, aos poucos, começam a despertar a atenção de pessoas de gosto refinado, em todo o país.

Além das criações artesanais, a Annarrá também oferece peças de vestuário elegantes e criativas, estilo jovem e super contemporâneo.

Criações ANNARRÁ: pense numa soberba tentação…

O Aurora de Cinema esteve lá, conferiu, comprou e recomenda: se você é de Minas ou for passar por Araxá, ou por alguma cidade ali perto, não deixe de visitar a Annarrá ! Você também vai ficar maravilhada com tanta beleza em forma de artesania, acessórios finos, e semi joias trabalhadas com delicadeza e criatividade.

Rosamaria Murtinho escolhe peças entre as belas criações Annarrá…

Aurora Miranda Leão veste blusa da Annarrá em noite de Araxá Cine Festival

Detalhe: a ANNARRÁ envia para todo o Brasil. É só entrar em contato:
annarraacessorios@gmail.com ou (34)3662.3707.

Araxá respira Cinema…

AURORA DE CINEMA direto do Araxá Cine Festival

O Tauá Grande Hotel de Araxá vive dias de muita alegria, mesa farta, papos os mais variados, com o Cinema sempre no cardápio principal.

Alberto Araújo e Murilo Rosa: diretor e protagonista de ‘Vazio Coração’…

A cada dia, chegam novos convidados e realizadores pra somar-se aos primeiros que chegaram ao município mineiro, na segunda, dia 10 de setembro, para tornar posssível o sonho de fazer de Araxá a Capital do Cinema Brasileiro na semana deste setembro em curso.

Germano Pereira, Jui, Patrícia Naves, Débora Torres, Alberto Araújo e Murilo Rosa… (fotos exclusivas de Alex Silva).

Berenice Lamônica, Alex Silva, Patrícia Naves e Murilo Rosa no Araxá Cine Festival…

Por aqui estão nomes como Walter Webb, Sérgio Bianchi, Rosamaria Murtinho, David Cardoso, Germano Pereira, Guilherme de Almeida Prado, Ricardo Pinto e Silva, Mallu Moraes, a produtora Berenice Lamônica… e já estiveram Aluizio Abranches, Patrícia Naves, Murilo Rosa, Denise Fraga, Ingra Liberato, Paulo Roberto Santos, e Ju Colombo…

No Salão Ouro Preto: Germano Pereira, Aurora Miranda Leão, Walter Webb e Rosamaria Murtinho após o workshop da atriz…

Alice Gonzaga, homenageada da terceira noite do Araxá Cine Festival…

E ontem chegaram Alice Gonzaga, Alex Moletta, Leonardo Cata Preta, Guido Pádua, Laura Pires e Ed Cajazeiras… e assim vamos aumentando o time dos que participam deste grande Congraçamento do Cinema Brasileiro em Araxá !

Rosamaria Murtinho entrega Troféu Araxá – Terra do Sol ao cineasta Guilherme de Almeida Prado…

Paulo Roberto (O Contador de Histórias), Ju Colombo e Denise Fraga…

Débora Torres, Jui Huang e Aurora Miranda Leão festejam abertura…

A programação de hoje do ARAXÁ CINE FESTIVAL é esta:

15:00
OFICINA, WORKSHOPS E MESA DE DEBATES
PANORAMA E FOMENTO DO AUDIOVISUAL MINEIRO – Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá
18:00
LANÇAMENTO DE LIVROS E DVDS
ROBERTO PIRES – O INVENTOR DE CINEMA – Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá
20:00
MOSTRA CURTA ARAXÁ
ARAXÁ NO SÉCULO XX – 100 ANOS DE MAGIA – Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá
20:20
MOSTRA CURTA MINAS
TRECHO – Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá
20:30
MOSTRA LONGAS METRAGENS BRASILEIROS DE FICÇÃO
NÃO SE PREOCUPE, NADA VAI DAR CERTO ! – Cine Teatro Tiradentes

ARAXÁ CINE: Festa de abertura foi em clima de ‘Viva o Cinema’ !!!

Parte da Equipe do filme Vazio Coração em clima de vitória…

Germano Pereira e Ingra Liberato semeiam fãs em Araxá…

Alberto Araújo E Murilo Rosa: diretor e protagonista de Vazio Coração

débora Torres, Walter Webb e Aurora Miranda Leão festejam…

Em breve, mais notícias e imagens de tudo que está rolando no Araxá Cine Festival

Tudo pronto para o I Araxá Cine Festival

Semana de intensa e diversificada programação vai movimentar o festival mineiro

Começa amanhã a edição inaugural do Araxá Cine Festival, festival de cinema idealizado pela produtora e cineasta Débora Torres, e que promete colocar Araxá de vez no circuito dos grandes eventos de cinema do país.

Com solenidade de abertura agendada para às 19 horas desta segunda, 10 de setembro, o Araxá Cine Festival terá como sede o Tauá Grande Hotel e Termas de Araxá, um marco turístico importante da cidade, lugar dos mais visitados e apreciados por turistas de todas as partes do mundo, além de ter servido de cenário para muitas das cenas do filme Vazio Coração, de Alberto Araújo.

Durante o dia, haverá uma extensa e diversificada programação, oferecida aos participantes do festival, moradores de Araxá, realizadores e estudantes de Comunicação, Artes e Audiovisual, além de um chamado ‘Festivalzinho’, dedicado à garotada. Todas as atividades do Araxá Cine Festival serão gratuitas, o que, por si só, já é um atrativo a mais numa programação recheada de atrações relevantes.

Entre oficinas e workshops, em número de seis, haverá também debates, lançamentos de livros e DVDs, bate-papo com a imprensa, shows musicais, homenagens e exibições especiais. O produtor e cineasta Walter Webb vai ministrar oficina conjugando o tripé Produção/Roteiro/Direção;  o diretor Aluizio Abranches vai ministrar workshop de Direção; o ator e escritor Germano Pereira fará workshop abordando questões ligadas ao tema Adaptação Literária para o Cinema. Já o cineasta João Batista de Andrade responde pelo workshop sobre Cinema Brasileiro, enquanto a atriz Ingra Liberato vai comandar o workshop sobre Interpretação; e Rosamaria Murtinho vai conversar sobre sua experiência no cinema, televisão e teatro.

Incluída no Circuito Turístico da Canastra, a cidade de Araxá vai viver dias de epicentro do Cinema Brasileiro, a partir do Tauá Grande Hotel e Termas…

A  programação do 1º Araxá Cine Festival consiste em mostras competitivas cinematográficas, nas seguintes categorias: longas-metragens brasileiros de ficção convidados, curtas-metragens mineiros convidados e curtas-metragens araxaenses selecionados, além do “Festivalzinho” para as crianças da rede municipal e estadual de ensino, palestras, debates, lançamentos de livros, shows musicais, oficinas e workshops de audiovisual.

Débora Tôrres à frente do festival que vai fazer de Araxá a Capital do Cinema Brasileiro

O festival é um projeto da produtora cinematográfica Débora Tôrres (que também produziu em Araxá o longa-metragem VAZIO CORAÇÃO),  realizado através da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet – Ministério da Cultura)  com apoio da Associação de Música de Araxá – Sra.Débora Arantes – e da Secretaria Municipal de Turismo – Sra. Alda Sandra -, e patrocínio da CBMM e CEMIG. Todas as atividades  são gratuitas e de livre acesso. Não é necessária a retirada de convites para as mostras, apenas interessados na oficina e nos workshops deverão fazer suas inscrições antecipadamente através do site do festival.

Local onde fica a antiga Fonte da Jumenta, atual Fonte Dona Beja, um dos pontos turísticos mais procurados de Araxá devido a seus poderes de rejuvenescimento.

SERVIÇO

1º ARAXÁ CINE FESTIVAL

Data: 10 a 16 de setembro de 2012

Locais: Tauá Grande Hotel de Araxá e Teatro Municipal de Araxá (festa de premiação)

Mais informações: www.araxacinefestival.com.br e www.facebook.com/araxacinefestival

Fest Cine Maracanaú: inscrições até dia 31

 O FestCine Maracanaú –  Festival de Cinema Digital e Novas Mídias, segue com inscrições abertas para sua terceira edição até dia 31.  

Podem ser inscritos filmes e vídeos de qualquer país; estados e municípios brasileiros e de cidades do estado do Ceará, produzidos a partir de 2009, finalizados no formato digital. Para a Mostra Rodolfo Teófilo, podem ser inscritos filmes e vídeos de realizadores da Região Metropolitana de Fortaleza, com duração de até 20 minutos. Na Mostra Novas Mídias, produções de até 5 minutos, realizadas em mídias digitais – câmeras fotográficas, celular, web cam, dentre outros.  

Os vencedores de Maracanaú na segunda edição (foto Arlindo Barreto). 

O vencedor na categoria Melhor Longa-Metragem receberá prêmio no valor de R$ 10 mil e o Troféu Maracanaú; na categoria Melhor Curta o prêmio é de R$ 5 mil mais o Troféu Maracanaú; na categoria Novas Mídias, R$ 1.000,00 e o Troféu Maracanaú. As demais categorias vencedoras serão agraciadas com o Troféu Maracanaú.

 

O ator Claudio Jaborandy, homenageado em 2011, recebe Parabéns Aurora de Cinema…

Um pouco de história 

Desde a primeira edição, realizada em dezembro de 2010, o FestCine Maracanaú se firmou como um dos eventos bem acolhidos, tanto pelo público como pela classe do audiovisual brasileiro e de outros países, além do forte reconhecimento por parte da mídia. Em 2011, novamente o Festival marcou pelo pioneirismo: pela primeira vez, profissionais dos estúdios americanos DreamWorks estiveram no país para aulas gratuitas. 

Bill Tessier e Chris Kirshbaum ministraram workshop de animação e efeitos especiais. O festival também contou com a participação dos atores Jayme Matarazzo, Nathália Dhill, Marília Medina, e dos cineastas Caio Soh e Walter Webb.

Walter Webb e Marília Medina recebendo o carinho de estudantes…

O Festcinemaracanaú é realizado pela Abraham Filmes e Estúdios Digitais com direção geral de Afonso Celso. Patrocínio da Coelce. Parceria do Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria da Cultura (Secult) e Governo Federal –  Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, Prefeitura Municipal de Maracanaú, Fundação Cultural de Maracanaú.

Walter Webb vai ministrar curso de Cinema em Salvador

O cineasta e produtor baiano do eixo Sampa-Los Angeles, Walter Webb, premiado em Cannes e com mais de 50 anos de experiência em cinema, vai ministrar curso na capital baiana quando maio chegar.

Walter Webb é figura carismática, com amplo conhecimento do fazer cinematográfico, e bem sabe transmitir o que conhece. Trabalhou com nomes como Francis Ford Coppola, John Booman, Roberto Faenza, Nicholas Ray, Anthony Mann, entre muitos outros. Ao lado de Glauber Rocha, Roberto Pires e Rex Schindler, participou ativamente do movimento que originou o Cinema Novo.

Conheci-o ano passado, na primeira edição do Festival de Cinema de Anápolis, e posso garantir que vale a pena aprender, curtir e fazer Cinema com Walter Webb.

Se você é de Salvador, está na capital baiana, ou pretende ir pra lá; se se interessa pela Sétima Arte e tem vontade de saber mais sobre o fascinante mundo do cinema, a oportunidade está lançada!

Na edição 2008 do FestCine Goiânia, Webb e Selton Mello

Inscrições: www.nucleoderedacao.com.br/

CONTATO: 3492-2735/9915-7234